Gelado de Mascarpone e Molho de Morangos Balsâmico





Se tivesse que definir o Verão numa única palavra diria gelados! 
Por aqui mal as temperaturas começam a subir é sinonimo de abertura oficial da época dos gelados. Preparam-se gelados de vários sabores, mais ou menos tradicionais, de frutas ou de outros aromas, dos mais simples aos mais complexos e elaborados.
Quem me seguiu nas últimas semanas no Instagram, ficou a saber que andei por terras italianas, onde um verdadeiro gelado super cremoso e cheio de sabor não é difícil de se encontrar. Em alguns dias percorri Milão, a zona do Lago de Como e fui até à lindíssima cidade dos canais, Veneza. Em qualquer paragem o gelado tornava-se quase obrigatório, o que não foi difícil de se perceber que todos os dias houve lugar a degustar um cone ou até mesmo um copo com algumas bolas de gelado dos mais diversos sabores. Fiquei rendida ao gelado de pistachio que nem por cá consigo encontrar nenhum gelado com tamanho sabor. Fiquei encantada também com um gelado de meloa cantaloupe. Não sou menina de gelados de fruta, mas nestes últimos anos tenho feito algumas experiências com frutas e apreciado com outros olhos este tipo de gelados, ficando totalmente fã desse gelado assim como o maracujá. Os sabores são muitos, mas a cremosidade essa é única. Em Como dei a hipótese a uma granita de cereja e iogurte que não me fez arrepender. Sabores autênticos e genuínos, que só mesmo experimentando e apreciando para saber do que falo.
Já em 2014 quando aterrei pela primeira vez em Itália, cujo destino foi Roma, os gelados foram presença assídua diariamente. E desde essa altura ainda me vem à memoria o sabor do gelado de figo fresco ou o de suspiro que tanto me deixa a suspirar.



Mas volto à realidade e já em Portugal, não dispenso um bom gelado caseiro. Recentemente, passei alguns dias na zona de Tavira e foi nessa cidade que me foi dado a conhecer o gelado Dom Rodrigo, o gelado de amêndoa e figo ou até mesmo o gelado de alfarroba, sabores tão característicos e que tão bem definem o Algarve.
Mas quando falo em gelados tenho que me deixar levar pelo cheiro da Figueira da Foz e pelo sabor dos gelados da Emanha (passo publicidade). Ida à Figueira seja no Verão com calor ou em pleno Inverno com chuva e vento, é passagem obrigatória esta geladaria, nem que seja para apreciar uma simples bola de gelado num copo. Gosto de maracujá, o de cereja, o de tiramisú ou até o de figo mesclado mas é com o gelado de queijo cabra com doce de leite que me derreto toda.
Com as temperaturas que se fazem sentir e com os derradeiros morangos lá da horta reúnem-se todas as condições para ligar a máquina de gelados e preparar mais uma dose de frescura. Uns geladinhos de mascarpone com molho de morangos balsâmicos. A receita foi retirada desta receita de Gelado de Tiramisú que já tinha partilhado e adaptada  para receber na perfeição o molho de morangos balsâmico.

Quem vai resistir a tanta frescura?





Gelado de Mascarpone e Molho de Morangos Balsâmico

Ingredientes:

250 ml leite gordo
30 gr leite em pó
200 ml natas
3 gemas
110 gr açúcar
150 gr queijo mascarpone

   * Para o Molho:

300 gr de morangos (frescos ou congelados)
2 colheres de sopa de mel
1 colher de sobremesa de vinagre balsâmico branco (não muito cheia)

Preparação:

Comece por levar ao lume os leites com as natas até estar quase a ferver (não deixar ferver).
Numa taça misture bem o açúcar com as gemas. Quando o preparado dos leites estiver quente, juntar ao creme das gemas cuidadosamente batendo sempre para não cozer as gemas. Leve novamente ao lume até engrossar um pouco, o suficiente até cobrir as costas de um colher, fazendo uma "estrada" quando passamos o dedo.
Retire do lume e acrescente o queijo mascarpone mexendo bem. Deixe arrefecer e coloque no frio pelo menos umas 5 horas. (eu deixei de um dia para o outro).
Prepare o molho de morangos. Lave os morangos, retire o pé e corte em pedaços caso os mesmos sejam frescos (poderá usar morangos já congelados). Num tacho coloque os morangos, o mel e o vinagre. Deixe cozinhar uns 10 minutos ou até os morangos começarem a ficar moles. Depois retire do lume e titure um pouco ficando um molho meio espesso. Deixe arrefecer totalmente.

Entretanto coloque na máquina de gelados o preparado do queijo mascarpone e processa conforme as indicações do fabricante. 
Coloque um pouco de molho de morangos em formas pequenas, ou formas próprias para popsicles e quando o gelado estiver arrefecido coloque o preparado por cima do molho. Coloque um pauzinho de madeira ou metade de uma palha e leve ao congelador de um dia para o outro. Para servir, passe as forminhas por água até o gelado começar a descolar.


Nota: Para o caso de não ter máquina, passe esse passo.  Coloque logo o preparado numa forma alternando com o molho de morango. Leve ao congelador e durante as primeiras 2 horas misture o mesmo a cada 20 minutos para evitar a formação de gelo.

1 comentário:

  1. Ai o que eu dava por geladito destes,.....deu água na boca,...Beijinhos,
    Espero por ti em:
    strawberrycandymoreira.blogspot.pt
    http://www.facebook.com/omeurefugioculinario
    https://www.instagram.com/marysolianimoreira/

    ResponderEliminar