Ghocchis de Batata e Manjericão com Molho de Tomate



Das cozinhas do mundo a italiana é aquela pela qual tenho um carinho especial. Não consigo saber a razão, mas sempre me cativou e cada vez que vou a Itália é na sua gastronomia que me perco e à qual dedico mais atenção.
País com bom vinho, excelentes queijos, azeite do melhor, uma autêntica cozinha mediterrânea. Quando se fala em Itália, pensa-se em pizza ou pasta com um apurado molho de tomate, mais alguns ingredientes, não muitos e de um simples prato se faz uma refeição repleta de sabor.
Recordo-me da viajem que fiz a Roma e num jantar pedi uma pasta com molho de tomate. Simplesmente divinal, um prato genuíno e autêntico que retrata na perfeição aquele país. Já para não falar de uma pizza com um aromático molho pesto, que fazia daquela pizza um jardim perfumado de manjericão.
Neste último regresso a Itália, voltei às memórias passadas, aos sabores que se fazem passear pela minha memória como de um deja vu se tratasse.




Milão, cidade capital da Lombardia, também ela tem a sua gastronomia bem típica que podemos apreciar em qualquer restaurante da cidade. Destaca-se o Risotto alla Milanesa, que na maioria das vezes acompanha na perfeição Ossobuco.  A cremosidade de um autêntico risotto condimentado com o açafrão casa com a carme macia que se desfaz a cada garfada. Das cartas dos restaurantes a Cotoletta Alla Milanesa também está presente. Uma suculenta cotoletta panada que faz as delicias de quem quer arriscar neste petisco. Os carpaccios ou uma simples salada caprese também não são esquecidos e são presença assídua numa qualquer mesa. Para além destes petiscos e não menos saborosos, um prato de pasta, os gnocchis ou até uma bela fatia de pizza não deixam ficar mal.
 Há quem prefira partilhar os sabores da charcutaria e da queijaria italiana acompanhado de um copo de vinho, com muitas conversas, confissões e gargalhados à mistura. Assim numa tabua servem-se os melhores e mais característicos enchidos, o mais saboroso presunto e uma diversa variedade de queijos.
Da minha experiência com as afamadas tábuas, veio até à mesa uma tábua composta por mozarela fresa, burrata e stracciatella. Três queijos de sabor distintos que tiveram a companhia de uma focaccia de massa fofa, pão bem característicos.




E como uma refeição que se preze não se faz sem o toque mágico da sobremesa, uma bola de um cremoso e saboroso gelado (devo dizer que foi onde comi os melhores gelados) pode ser uma excelente opção. Outra escolha acertada vai para um tradicional tiramisù ou uma panaccotta bem suave.
Depois arremata-se o almoço ou o jantar com um expresso bem forte, cujo aroma me cativou e do qual não prescindo numa qualquer viajem a Itália.
Das inspirações que a última viagem me trouxe, e a qual já comecei a partilhar neste post, os gnocchis foram a primeira receita a ser reproduzida nesta cozinha. Talvez por ter sido a primeira refeição apreciada em Milão ou por nunca ter tido a coragem para fazer cá em casa, Milão serviu de pretexto e justificação para arregaçar as mangas, e colocar a mão na massa ou como quem diz na batata.
Preferi dar inicio por uma receia mais tradicional e simples, sen do que as variedades de gnocchis já se estendem à riccotta, à batata doce entre outras opções. E como por aqui já existem tomates na horta, enormes, bem carnudos e com um vermelho único, nada como um belo molho de tomate, bem aromático para acompanhar os gnocchis e me transportar novamente para terras de la bella Italia.

Quem quer ir comigo nesta viagem de aromas e sabores bem italianos?














Gnocchis de Batata e Manjericão com Molho de Tomate

Ingredientes:

500gr batata
3/4 chávena de farinha sem fermento tipo 65
1 mão de folhas de manjericão
1 gema
sal e pimenta q.b.

* Para Molho:

 3 Tomates médios
 1 haste de Alecrim
 Salsa q.b.
 Azeite q.b.
1 colher chá de açúcar
1 cebola pequena
3 dentes de alho
Sal e pimenta q.n.

Preparação:

Comece por cozer em água temperada com sal as batatas com a pele. Depois retire do lume, retire a pele e reduza a puré com a ajuda de um passe vitae. Tempere com sal e pimenta.
Numa tábua coloque o puré de batata. Por cima disponha as folhas de manjericão devidamente picadas e a gema. Amasse tudo e vá acrescentando farinha pouco a pouco, amassando bem até formar uma bola.
Faça um rolo com o preparado, corte em pedaços. Desses rolas faça rolinhos mais pequenos e corte novamente em porções de 2 cm cada. Depois com a ajuda de um garfo faça pressão para frisar um pouco os gnocchis, por forma a que fique com a forma original. Reserve.

Prepare o molho. Retire a pele aos tomates com a ajuda de água a ferver. Num tacho leve o azeite, a haste de alecrim, a salsa e os dentes de alho esmagado. Aqueça bem o azeite. depois descarte as ervas e os alhos. Pique a cebola e junte ao azeite. Deixe alourar e acrescente o tomate que entretanto foi cortado em pedaços mais pequenos. Acrescente o açúcar, tempere com sal e pimenta e deixe apurar, cozinhando em lume brando por cerca de 15 a 20 minutos. Se pretender um molho mais cremoso passe a varinha mágica. Pique salsa e acrescente ao molho.Reserve.
Num tacho leve água ao lume até ferver, reduza um pouco o lume e vá colocado porções de gnocchis. Quando os mesmos estiveres cozidos começaram a boiar. Retire do lume e adicione ao molho.
Sirva os gnocchis com o molho.

7 comentários:

  1. Que maravilha,...
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    strawberrycandymoreira.blogspot.pt
    http://www.facebook.com/omeurefugioculinario
    https://www.instagram.com/marysolianimoreira/

    ResponderEliminar
  2. Adoro gnocchis e com manjericão na massa devem ficar uma verdadeira delícia!!!
    Gostei muito desta ideia :)
    Beijinho
    http://acucarsal.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. Anita, adoro estes teus posts em que me permito viajar nas tuas histórias.
    De comida, de outros lugares, tão bom. Chegar aqui e ficar com larica para comer uns gnoochis lindos :) vou querer que os faças para mim! Quase senti o cheirinho do molho de tomate e da famosa tábua de queijos!
    Tão bom, por mim podes servir-me :) um beijinho e boas viagens sempre.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Minha doce Inês, sabes que terei todo o prazer em poder fazer uns gnocchis para ti. Sei que vais adorar :) Obrigada pelas tuas palavras. beijinho grande
      #Anita

      Eliminar
  4. Também costumo fazer , esses ficaram uma maravilha.
    Seria um almoço perfeito.

    ResponderEliminar