Salada de Cevada, Abóbora e Romã




Das estações do ano, é o Outono que traz magia e cor. Sendo uma das minhas estações de eleição, são os dias ainda de sol mas onde as temperaturas começam a baixar que me cativam. Ao contrário deste ano, em que o Outono teima em não se fazer sentir e onde o Verão instalou-se a todo o ritmo e não nos quer deixar.
Confesso que já tenho saudades do verdadeiro Outono, de sentir os dias mais frescos, de calçar os sapatos e caminhar sobre as folhas em tons de castanhos e vermelhos que vão se soltando das árvores. Sinto me nostálgica, dos dias em que se preenchem os armários com os casacos e camisolas mais quentes, e onde das gavetas se retiram os lenços que aconchegam os pescoço.
Mas apesar desta estação não se apresentar sem medos, as bancas dos mercados e os quintais enchem-se das suas cores. Verdes, castanhos, laranjas e vermelhos... uma tela de cores vibrantes e surpreendentes.




As abóboras dos mais variados tipos e tamanhos, as castanhas para se consumiram nos cartuchos de jornal já assadas, quentinhas e boas como manda a tradição. As doces uvas ou as pêras. De cor alaranjada os dióspiros fazem as delicias. De uma enorme versatilidade, em sobremesas, ao natural ou numa salada, é um dos frutos de eleição cá por casa. Da colheita de marmelos saem umas quantas taças de marmelada para se ir saboreando ao longo do ano ou para servirem de presentes de Natal.
É o tempo dos espinafres e dos bróculos, da beterraba e da batata doce. É o tempo dos frutos secos que nunca dispenso cá por casa. Acompanham-me ao pequeno almoço, ao lanche, nas sobremesas, num guloso bolo ou até mesmo numa refeição.
E por fim há a Romã. Com técnica para se descascar, são os pequenos bagos vermelhos vibrantes, repletos de doce e frescura que me enchem a alma. Para sumo, numa sobremesa ou ao pequeno almoço fica sempre bem. Com textura, torna os pratos e as refeições mágicas, repletas de sabor e cor. São diversos os benefícios deste fruto. Sendo um fruto vermelho com imensa vitamina C, protege-nos das constipações e ajuda igualmente a manter os baixos níveis de colesterol e tensão arterial.
E é a Romã que será a personagem principal e a qual faço destaque na próxima receita. Biológicas como eu aprecio, foram colhidas directamente da romãzeira cá de casa. Directamente do quintal para esta salada bem outonal, repleta de cores e sabores desta estação.


Assim juntei à cevada os cogumelos e a abóbora assada que se tornaram óptimos aliados. Juntei as nozes para conferir textura, o queijo feto para realçar o sabor, os coentros que conferem mais sabor e cor e por fim bagos de romã, brilhantes e super frescos como se quer. Dei asas à imaginação e em tempo de temperaturas amenas e dias repletos de sol, nada melhor que pratos simples e cheios de sabor, como é o caso desta salada, nunca nos esquecendo do outono. Uma salada que se partilha como forma de chamamento a esta estação que ficou perdida no tempo e teima em não se instalar.

Uma salada sem grandes técnicas que reúne muita cor e sabor que irá para mais um desfile, da mentora Marta, do blog Intrusa na Cozinha, cujo o tema deste mês é a Romã.





Salada de Cevada, Abóbora e Romã

Ingredientes:

100 gr de cevada
Cogumelos q.b.
Queijo feta q.b.
1 Abóbora Hokkaido pequena
Nozes picadas grosseiramente q.b.
Bagos de Romã q.b.
1 Molho pequeno de coentros
1/2 Cebola picada
1 haste de tomilho
Azeite q.b.
Sal e Pimenta q.b.
Sumo de limão q.b.

Preparação:

Comece por cortar a abóbora em pedaços, descartando as sementes. Disponha a abóbora por um tabuleiro e tempere com um pouco de sal e tomilho. Leve a assar em forno pré aquecido a 180ºC cerca de 40 minutos ou até a abóbora estar assada. Coloque uma folha de papel vegetal ou de alumínio por cima do tabuleiro para evitar que a abóbora queime.

Leve um tacho ao lume com um pouco de azeite e com a cebola picada até esta ficar dourada. Acrescente a cevada e deixe fritar por cerca de 1 minuto. Acrescente o dobro de água quente da quantidade de cevada e tempere com sal. deixe cozinhar, retire quando estiver totalmente cozida.

Limpe os cogumelos e corte em fatias bem finas. Retire a pele da abóbora e corte em pedaços mais pequenos. Pique os coentros.

Numa frigideira disponha um fio de azeite. Quando estiver quente acrescente a cevada e os cogumelos, mexa bem. Após uns 3 minutos acrescente a abóbora de as nozes picadas grosseiramente.

Retire do lume e coloque numa taça. Acrescente o queijo feta partido em cubos, os coentros picados e os bagos de romã. Tempere com um pouco de azeite, pimenta e sumo de limão.







3 comentários:

  1. Que fantástica sugestão!
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    strawberrycandymoreira.blogspot.pt
    http://www.facebook.com/omeurefugioculinario
    https://www.instagram.com/marysolianimoreira/

    ResponderEliminar
  2. Minha doce Ana,
    tão linda esta tua salada! cheia de sabores do outono... tão, mas tão bom. Como é bom ter-te de volta Ana, com estas sempre deliciosas receitas. Amei mesmo. Para ser perfeito, só mesmo as duas a conversar e a desfrutar de um pratinho desses ;)
    Beijoca enorme
    Marta

    ResponderEliminar
  3. Querida Ana,
    Eu também adoro o Outono e as suas cores e esta salada, tem tudo o que há de bom no Outono e que eu adoro!!!
    Um beijinho linda,
    Lia

    ResponderEliminar