Pasteis de Castanha

dezembro 06, 2017



O frio chegou finalmente, com toda a força como não se esperava. Temperaturas que fazem tirar os casacos bem quentes e as camisolas de lã do armário. Da gaveta retiram-se as luvas que aquecem as mãos e os cachecóis que aconchegam o pescoço.
Confesso que gosto destes dias de frio e de pleno sol. Dias que apesar de tudo, convidam a passeios para desfrutar do azul do céu e dos raios de sol que aquecem a cara. Um passeio numa tarde de domingo, onde encontramos os carrinhos de vendedores de castanhas. Aquele fumo e o seu cheiro tão característico convida a comprar um pacotinho de castanhas assadas e a saborear cada uma de forma lenta, aquecendo assim a alma e as mãos. Para além de as sujar :) Mas no final sentimos o conforto numa tarde fria de Dezembro.
Recordo-me que nos meus tempos de infância, estes dias bem frios em que as temperaturas baixavam muito, eram passados sentada num banco junto à enorme lareira acesa em casa dos meus avós maternos. Os meus pensamentos levam-me até junto daquele lume que crepitava com toda a força, ao seu lado uma cafeteira de água era aquecida para se preparar café. E as brasas eram elas a torradeira de serviço naquele dia. Um papo-seco aberto ao meio era assim torrado que depois recebia uma generosa noz de manteiga. Ainda hoje sinto os cheiros e sabores daquele café e da torrada que me sabia pela vida.

Com o frio chega também um novo mês, Dezembro. Último mês do ano, mês do Natal e das suas celebrações, mês que antecipa a chegava de um novo ano e com ele novos sonhos, novos objectivos, outras resoluções.
Dezembro é igualmente o mês das listas intermináveis de presentes, da correria às grandes superfícies ou aos centros comerciais. As ruas iluminam-se, as árvores de natal e os presépios ganham vida por algumas semanas e as músicas de natal ouvem-se em cada esquina.

Cada vez mais prefiro aproveitar este mês de uma forma mais simples e sem grande azafama e confusão. Fazer as minhas compras de Natal de forma mais antecipada ou preferir oferecer pequenos presentes preparados cá em casa. São sempre excelentes ideias, e mais interessantes. Depois preparo pequenas reuniões com os amigos ou com a  família cá em casa, no sossego e conforto, em redor de uma mesa bem composta de coisas boas e com a lareira acesa como cenário de fundo.






E são as castanhas, a rainha da nova receita que aqui partilho. Depois de um Novembro bastante ausente do blog, estou de volto e espero que com muitas mais receitas para partilhar. O trabalho, umas semanas adoentada e depois uns dias de férias ditaram este meu afastamento e ausência. A receita que hoje partilho já está preparada à algum tempo, mas é esse tempo ou a falta dele que dita as regras.
Assim,  alguns meses atrás fui desafiada pela revista Portugal de Sabores e Tradições, a criar uma receita para a rubrica Ingrediente Secreto da edição do mês passado. Nesta rubrica são convidadas três bloguers a criar uma receita cujo ingrediente é secreto. Para a última edição o ingrediente em destaque foi a Castanha. Um fruto desta estação rico em vitaminas e potássio. Assadas ou cozidas, usadas em doces ou salgados a Castanha liga na perfeição com qualquer receita que reconforta o estômago e a alma.




Assim, a pensar nos lanches, ou naquele doce que casa na perfeição com um chá ou um café, criei uns Pasteis de Castanha. Simples de preparar, são compostos por uma massa fina e bem crocante que suporta um creme de castanha super cremoso. O pastel torna-se estaladiço por cima, fruto do açúcar em pó.

Apreciem este pasteis, tanto como eu apreciei!!





Pasteis de Castanha

Ingredientes:

·         Para massa:
250 gr Farinha tipo 65 sem fermento
60 gr banha de porco
1 colher de café de sal fino
Água tépida q.b.
Banha para untar

·         Para recheio:
350 gr açúcar
280 ml água
9 gemas
150 gr puré de castanha (cerca de 450 gr com casca)
80 gr de nozes moídas
1 pau de canela
1 colher de chá de canela em pó
Açúcar em pó q.b.

Preparação:

Comece por fazer um corte nas castanhas e levar a cozer em água temperada com sal. Depois de cozidas retire-lhes a pele e com a ajuda de uma picadora pique tudo muito finamente. Até ficar um puré.
Prepare entretanto a massa. Numa taça coloque a farinha, o sal e a banha. Amasse bem. Vá juntando água até a massa ficar moldável. Transfira a massa para uma bancada e trabalhe bem a massa, amassando a mesma.
Estenda a massa com a ajuda de um rolo até ficar muito fina e forre com a massa pequenas formas de pastel que foram previamente untadas com banha.
Para o creme, leve ao lume o açúcar com a água e o pau de canela até levantar fervura. Noutro recipiente misture o puré de castanha, as nozes picadas muito bem, a canela em pó e as gemas. Misture tudo. Quando o preparado da água estiver a ferver junte a este preparado das gemas misturando muito bem. Leve novamente a lume brando mexendo sempre até o creme engrossar ligeiramente.

Verta o creme para as formas e polvilhe com bastante açúcar em pó. Leve ao forno pré aquecido a 230ºC, numa grelha superior a cozer cerca de 25 minutos. Retire e deixe arrefecer antes de servir. Poderá polvilhar com mais açúcar em pó antes de servir.



You Might Also Like

0 comentários

Instagram