Folar de Nutella e Amêndoa

abril 20, 2019




Já passou mais de um mês desde a última receita publicada aqui no blog. Tenho andado realmente ausente. Não me vou justificar até porque, muitas vezes não há qualquer justificação plausível.
Poderia dizer que é a falta de tempo, mas esta frase já está demasiado gasta. Em jeito de brincadeira, o meu chefe diz que é falta de organização e planeamento. Até pode ser!! Mas é tudo isto e muito mais.

Este ano, não tem sido um ano fácil, um ano leve, de se levar de sorriso no rosto e esperança no coração. Mas a força e coragem que me sai das veias como que em modo desconhecido, vão levar-me ao caminho certo. Tenho que acreditar!!
Foram várias as razões desta minha ausência, mas continuo a preferir culpar o tempo ou mesmo a falta dele. Com o tempo, foi o Inverno e chegou a Primavera. Com ele também foram (por agora) embora os dias cinzentos e de chuva. Regressaram os dias cheios de vida, alegria e brilho. Com um céu azul carregado e um sol que nos aquece a face e a alma numa esplanada à beira mar.

Vou me apercebendo que já estamos no final do mês de Abril todas as vezes que vou a casa dos meus pais e ao seu quintal. 
O limoeiro continua carregadinho de suculentos limões, a laranjeira oferece doces laranjas para um incrível sumo, os morangos já começam a vestir-se de vermelho. Numa das muitas idas lá a casa, e avisto o meu pai no alpendre, a debulhar ervilhas. Conta-me que as primeiras favas também estão aí a chegar. Em troca de conversas vai falando da sua plantação e dos pés de cebolo que plantou recentemente. Explica-me também o processo do cultivo da oliveira e da esperança que o seu olival cresça para nos dar azeitonas e azeite bem saboroso.
Vou até à cozinha e ajudo a minha mãe a amassar a massa para os folares. Já estamos nas celebrações de Páscoa e ainda à pouco era inicio de ano. 
Depois de amassada, a massa irá repousar. Enquanto isso coze-se os ovos com cascas de cebolas para a casca ficar com um tom vermelho escuro.
A minha mãe é perita em folares e nem eu lhe quero fazer frente. Ajudo-a simplesmente e encanto -me com tamanha precisão. Cada pedaço de massa é pesado, antes de se formar o folar para que todos fiquem com peso idêntico. Depois coloca-se um ovo cozido em cima e com um pedaço de massa faz-se uma cruz por cima do ovo. Vai a cozer de preferência em forno a lenha. A cozinha recebe todo aquele aroma de bolo cozido. Retiro do forno os folares e belisco-me para não os provar ainda quente (é difícil resistir!).




Também eu gosto de todos os anos fazer algo diferente para a Páscoa. Este ano apesar de todas as controversas da vida, não foi diferente. 
Devo a inspiração ao talentoso Rui do Blog Faz e Come, que num video direto nos ensinou a fazer um folar com recheio de requeijão. 
Esta receita que vos trago não tem recheio de requeijão, mas a massa é igual a que ele usa nesta receita. Apenas apressei o processo do recheio, optando pela Nutella e a amêndoa ao invés do requeijão. Para não falar que a Nutella é bem mais apreciada cá em casa.
Ficou um folar diferente, com sabor guloso do chocolate e uma massa bem macia que suporta toda a doçura do recheio. Uma sugestão que irá estar presente na minha mesa de domingo.






Folar de Nutella e Amêndoa

Ingredientes:

350 gr de Farinha Tipo 65
60 gr de Açúcar
60 gr de Manteiga
2 gemas
125 ml de leite morno
4 gr de fermento padeiro seco
1 Pitada de sal
Raspa de 1/4 laranja
Nutella q.b.
Amêndoa Laminada q.b.
Açúcar em pó q.b.


Preparação:

Comece por colocar a farinha e o açúcar numa superfície de pedra ou numa bancada. Faça uma pequena cova a meio. Coloque na cova as gemas, a manteiga, a raspa de laranja e o leite morno. Numa parte da farinha coloque o fermento e noutra o sal. Não é conveniente juntar o sal com o fermento. Amasse tudo muito bem e reserve numa taça de vidro num local quente e seco a levedar cerca de 1 a 2 horas, ou até duplicar de tamanho.
Depois com a ajuda de um rolo de massa estenda a massa formando um rectângulo. Barre o rectângulo de massa com uma canada generosa de Nutella e polvilhe com amêndoa. 
Comece a enrolar a massa na parte maior e corte o rolo em pedaços mais pequenos de cerca de 6 cm cada. Forre uma forma de 20 cm com papel vegetal e unte a mesma com manteiga. Disponha os rolos de massa na vertical na forma formando uma flor. Deixe descansar por mais 30 minutos.
Pré aqueça o forno a 180ºC. Leve ao forno a cozer o folar cerca de 30 minutos. Retire e deixe arrefecer. Poderá polvilhar o folar com açúcar em pó antes de servir.

Boa Páscoa!!


You Might Also Like

1 comentários

  1. Confesso que não sou amante de folares sejam eles doces ou salgados.
    Mas sou uma apaixonada por fotos bonitas, e textos que me fazem viajar. E essa parte de dividir a tarefa com a mãe, querida Ana fez me viajar até cozinha da minha mãe onde juntas preparamos e falamos sobre a refeição em causa. Onde a apanho desprevenida num olhar carregado de Amor e paixão pela simples tarefa que esta a executar. Como sempre uma delicia de Post,
    Beijo grande querida Ana.
    Elsa.

    ResponderEliminar

Instagram